Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Rede Brasil
 Redes Estaduais
 Sociedade Civil
 Mídia
 Conselhos de Direitos
 Executivo
 Legislativo
 Judiciário
 Ministério Público
 Rede Lusófona
 Rede Brasil
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique


cantamen.gif (6644 bytes)

Conselho Estadual de Defesa dos Direitos do Homem e do Cidadão da Paraíba

Curso de Extensão: Violência Contra a Mulher

O Curso sobre Violência Contra a Mulher, contando com a parceria de órgãos anteriormente citados, além do Centro da Mulher 8 de Março, com o apoio da Secretaria de Segurança, realizou-se no período de 28 de novembro a 30 de dezembro de 1997. Este foi dividido em 2 módulos. O primeiro ocorreu no Centro de Ensino da Polícia Militar, em João Pessoa, o segundo transcorreu no Campus II da UPFB, em Campina Grande.

A proposta do curso teve como objetivo, capacitar 30 servidores das Delegacias Especializadas em Atendimento a Mulher – DEAM e da Polícia Militar, para o enfrentamento a violência contra a mulher. Assim sendo, os seus participantes foram na maioria servidoras das Delegacias da Mulher, participando ainda, integrantes da sociedade civil que atuam na área de defesa dos direitos da mulher.

A avaliação do curso foi realizada pelas alunas nos dois módulos distintos. Nos dois momentos distribuiu-se fichas com questões, objetivando levantar a opinião das alunas acerca de diversos aspectos.

Além desses questionários, realizou-se no término uma oficina pedagógica, com vistas ao levantamento de subsídios para elaboração do plano de trabalho para o ano seguinte.

De forma geral, foi considerado importante os trabalhos daquela natureza, visando a qualificação das servidoras das Delegacias da Mulher. Sendo, ainda considerados excelentes, o conteúdo programático e metodologia, como também o nível dos instrutores. Por outro lado, verificou-se que o curso contribuiu, para iniciar o processo de intercâmbio e articulação dos órgãos que atuam na área de violência contra a mulher no Estado.

Dentre as sugestões levantadas para o planejamento de atividades no ano de 1998, destacou-se:

    • Aprofundamento dos temas, através de cursos divididos em módulos, no decorrer do ano, com encontros mensais, preferencialmente em finais de semana;

    • A necessidade de fortalecer a relação e instituir convênio entre a UFPB e a Secretaria de Segurança Pública para garantir a continuidade de consultorias e cursos de capacitação;

    • Promoção de intercâmbio com órgãos que atuam na área de violência contra a mulher de outros Estados;

    • Realização de pesquisas relacionadas a temática "Violência Contra Mulher";

    • Interiorização das ações, nos municípios, que têm Delegacia da Mulher;

    • Garantir junto ao SINE/PB, recursos financeiros que viabilizem a continuidade das atividades de capacitação da UFPB, para os profissionais das delegacias especializadas em atendimento a mulher;

 

Com uma carga horária de 50 horas/aula, os trabalhos do curso sobre violência contra mulher, foram desenvolvidos através de aulas expositivas e dialogadas, assim como através de oficinas pedagógicas. E o seu conteúdo programático, constou dos pontos abaixo assinalados:

 

1º Módulo

  • Violência: Aspectos históricos, conceituais e culturais;

  • Violência e Mídia;

  • Violência de Gênero;

  • Vivências do cotidiano de um Serviço de Atendimento a Mulheres Violentadas;

  • Políticas Públicas de Defesa a Mulheres Violentadas;

  • Fotografando a Violência de Gênero na Paraíba: discussão e treinamento

 

2º Módulo

1. Fundamentos Antropológicos da Violência:

  • O complexo conjunto de fenômenos chamado violência;

  • Campo semântico e a percepção da violência;

  • Discursos sobre violência, discursos contra violência;

  • Discurso interrogativo e discurso da violência;

  • "Aceitabilidade da violência"

  • Violência como experiência cultural

  • Violência como experiência estruturante

 

  • Campo teórico do estudo da violência:

  • Necessidade do estudo: dados indiretos e a etnografia

  • Revisão conceitual

  • Paradoxo contemporâneo no Brasil: aumento do crime violento e da violência policial no chamado período de redemocratização;

  • A Ação Policial, Ordem Pública e Violência:

  • Ambiguidade e aceitabilidade da violência

  • Ordem pública e ação policial

  • Direitos Humanos no Brasil;

  • Programa Nacional de Direitos Humanos: estudos antropológicos e Delegacias Especializadas;

  • Minorias sociais e étnicas

  • Violência contra mulheres

  • Violência contra idosos

2. Análise da Dinâmica Institucional em Delegacias Especializadas da Mulher na Paraíba.

3. Avaliação e planejamento das atividades de capacitação da UFPB, para as Delegacias Especializadas da Mulher.

 

| Conselho Estadual de Defesa dos Direitos do Homem e do Cidadão - Paraíba |
| Banco de Dados |   | SAD Serviço de Atendimento a Denúncias |
| Educação para os DH |    |Links da Cidadania |   | E-mail |

Projeto DHnet | Equipe | Consultores | Ombudsman | Filiações | Apoios Institucionais | Prêmios Recebidos | Sítios Hospedados
Redes Glocais | Rede Estadual de Direitos Humanos RN | CDH e Memória Popular | CENARTE | Parcerias | Linha do Tempo DHnet

Blogs | Fórum | Notícias | Bate-papo | Postais | Álbum de Fotos | Enquetes | Mapa do Portal | Livro de Visitas | Tecido Social | Contato

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055-84-3221-5932 / 3211-5428 - Skype: direitoshumanos - dhnet@dhnet.org.br